Confira as 5 melhores estratégias para a reposição de estoque

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você tem perdido clientes ou dinheiro, o problema pode estar no estoque. Muitos pequenos empresários pecam nesse detalhe, o que compromete os lucros e a saúde financeira da empresa. Sendo assim, fazer uma reposição de estoque pode ser o que falta para o sucesso do seu negócio.

De fato, um controle de estoque eficiente pode aumentar os lucros, reduzir custos e ajudar no melhor aproveitamento de oportunidades de mercado. Você quer saber como? Então continue a ler este post e confira as melhores estratégias.

1. Conheça o fluxo de reposição

Antes de tentar qualquer nova estratégia, é importante estudar bem a própria empresa e analisar todas as entradas e saídas em um período e comparar com os outros. Isso ajuda a criar um panorama de como e onde precisam ser feitas mudanças, sejam elas imediatas ou no longo prazo.

Desta forma, a reposição deve ser realizada de acordo com a demanda e a disponibilidade dos fornecedores em cada época. Para saber como, faça um fluxograma com o registro detalhado de tudo que entra e sai do estoque. Num ciclo de seis meses a um ano, é possível ter dados suficientes para o entendimento do estoque, dependendo do tipo de negócio.

O fluxograma de reposição pode ser preenchido em uma planilha física ou digitalizada, ou ainda em um software de gestão. O mais importante é que todas as informações (nome do produto, quantidade, fornecedor, data de entrada e saída, entre outras) sejam preenchidas corretamente.

2. Faça uma previsão de demanda

Com o fluxograma em mãos, é possível estimar quais produtos serão vendidos, em que quantidade e em qual época. Fazer a previsão da demanda é algo essencial para o controle dos produtos armazenados, ajudando na reposição de estoque, e para entender o funcionamento da empresa como um todo.

Dá para entender, por exemplo, a partir de qual período uma loja de presentes deve ter mais brinquedos. Inclusive, se você for a uma loja desse tipo cerca de uma ou duas semanas antes de datas especiais (Dia das Crianças ou Natal) e não encontrar o que deseja, é possível que a previsão de demanda da loja tenha sido equivocada.

O cálculo da previsão é feito com base em números reais, conforme as vendas da empresa. Devem ser considerados não só a quantidade de saída, mas também o tempo de reposição, que é o quanto demora para um fornecedor poder fazer uma nova entrega.

Por isso, não existe uma fórmula comum para prever a demanda, porque o cálculo matemático vai depender bastante da área de atuação e do tamanho do negócio. Pode-se, no entanto, verificar no fluxograma qual é a demanda real e estabelecer uma estimativa dentro de determinado prazo.

No entanto, assim como numa pesquisa, é necessário estabelecer um estoque de segurança. Ele serve para cobrir pequenas variações que possam existir na demanda, de acordo com a quantidade calculada inicialmente.

3. Reduza a quantidade de produtos no estoque

Um estoque reduzido é bem mais simples de ser controlado, oferecendo dados mais claros para comparação e com uma demanda fácil de ser prevista. Ele ainda evita perdas com estragos e prazos de validade vencidos, exigindo menos manutenção.

O tempo em que uma mercadoria permanece no seu estoque também depende muito de sua área de atuação. Mas com o próprio fluxograma é possível estabelecer uma quantidade mínima em que se tem uma margem de segurança, quando ela não é afetada pela demanda prevista em períodos de alta procura.

De qualquer forma, dá para ajustar o estoque de acordo com a entrada e a saída de mercadorias, de modo que seja suficiente para atender uma demanda específica.

É bom lembrar também da necessidade de se manter produtos menos vendidos e com uma lucratividade mais alta. Esses itens costumam ser exclusivos, oferecendo uma vantagem competitiva em relação à concorrência. Eles podem ser estocados e controlados de maneira separada e não fazem parte do estoque mínimo.

4. Avalie os fornecedores

Só é possível ter um estoque reduzido se der para fazer a reposição em tempo hábil. E isso só é possível com a colaboração de fornecedores confiáveis. Eles precisam garantir a entrega dos produtos solicitados na quantidade adequada e dentro do prazo.

O problema é que, muitas vezes, o gestor acaba cedendo a negociações mais atraentes, confiando a reposição a diversos fornecedores diferentes. Mas pode ser bem mais simples e eficiente controlar uma pequena quantidade de empresas que suprem toda a demanda da loja.

Com isso, o empresário pode negociar melhores preços e prazos, dispor de ofertas e economizar bastante com frete e até no tempo de entrega. Basta pensar que seus fornecedores querem ter com o seu negócio a mesma fidelização que você deseja ter com os seus clientes.

5. Adote um software de controle

Já falamos sobre a utilização de softwares para fazer o fluxograma. Mas eles podem ir muito além disso. É possível, por exemplo, automatizar todas as etapas do controle de estoque, da entrada dos produtos até o fechamento da venda.

Esse tipo de ferramenta ajuda inclusive no cadastro dos produtos. Ou seja, cada vez que algo é vendido, esse item é abatido do estoque total. Sendo assim, a quantidade de cada produto é atualizada em tempo real, facilitando bastante a reposição de estoque e a gestão da empresa como um todo.

A própria plataforma calcula e avisa ao gestor quando alcançar um estoque mínimo ou máximo, fornecendo a quantidade de produtos que deve ser adquirida para a reposição. Todos os relatórios podem ser gerados automaticamente e enviados por e-mail diretamente para o responsável.

Agora você já sabe que automatizar o controle da reposição de estoque é a melhor forma de garantir que seus clientes sejam sempre atendidos e estejam mais satisfeitos. E, para isso, é fundamental poder contar com os parceiros que contribuam para melhores resultados e para o cumprimento das metas do negócio.

E você, ficou interessado em saber como funciona um software de controle de vendas e estoque? Faça o teste gratuito da Pingo e descomplique a gestão da sua empresa hoje mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *