Como escolher o software de gestão de frente de caixa

Tempo de leitura: 4 minutos

Com a crescente concorrência nas mais diversas áreas do varejo, o preço dos produtos não é mais o único fator considerado pelo cliente. Hoje, para que seu comércio conquiste consumidores fiéis, é necessário investir, antes de mais nada, na qualidade dos processos operacionais. Se você oferecer um atendimento eficiente e rápido na hora de finalizar a compra, o seu cliente ficará satisfeito e você se destacará no mercado. Saiba mais como um software de gestão de frente de caixa pode te ajudar.

A melhor forma de garantir que as vendas sejam consolidadas de maneira eficiente e se convertam em lucro para sua empresa, é investindo em um bom sistema para gestão de frente de caixa.

Mas existem muitos softwares hoje em dia para essa finalidade, de modo que você precisa escolher bem para não acabar prejudicando seu negócio com um sistema de má qualidade, que não registre adequadamente os trâmites financeiros ou que erre no controle de mercadorias.

Veja a seguir os critérios que listamos para que você saiba escolher o melhor software de gestão de frente de caixa para o seu negócio!

Segurança das informações

O software que você colocar na sua frente de caixa precisa necessariamente garantir a segurança das informações. Isso significa que ele deve ter restrições de acesso para gestores e diferentes funcionários, tanto para a visualização quanto para o registro de informações. Assim você tem a certeza de que nenhum dado correrá risco de ser alterado ou perdido.

Leia também: cupom fiscal vs nota fiscal – qual é a diferença?

Vendas rápidas

Rapidez no processo de venda é um dos itens mais importantes, pois evita filas no seu comércio e, por consequência, diminui a impaciência dos clientes. Opte por um software que registre as vendas em poucos passos e sem que você precise abrir várias janelas diferentes.

Busca inteligente

inteligencia frente de caixa

Outra situação que atrasa o atendimento, gera filas e insatisfação é quando o atendente precisa pesquisar um item ou categorias de produtos. Certifique-se que o sistema que você adquirir permite uma busca fácil e rápida, de preferência pelo simples digitar do nome do produto.

Excelência nos trâmites financeiros

tramites financeiros

Problemas com pagamentos e erros no troco são extremamente constrangedores para o cliente e, se ocorrerem, é possível que aquele consumidor não retorne mais. Por isso, essa é uma das principais partes do software de gestão de frente de caixa. Ele precisa, em primeiro lugar, aceitar diversas opções de pagamento (crédito, débito, cheque, dinheiro e outras formas que você desejar). Depois, precisa ter um cálculo automático de troco, para evitar erros humanos nessa etapa e agilizar o processo. Por fim, se o cliente desistir da compra, é necessário que o sistema registre facilmente o cancelamento de cupom e do registro da venda.

De acordo com as leis fiscais

 

Ao escolher seu software de gestão de frente de caixa é extremamente importante verificar se esse está de acordo com as leis fiscais de seu Estado e se ele é totalmente fiscal, isto é, se todas as transações realizadas no sistema serão gravadas em sua impressora fiscal e no futuro com a NFC-e serão enviadas para a Sefaz do Estado.

Alguns softwares facilitam e permitem a sonegação por parte do estabelecimento. Lembre-se: esse é um risco muito grande, já que se um fiscal passar em seu estabelecimento, você tomará uma multa, com risco de sua loja ser fechada. Portanto, fique longe daqueles sistemas que facilitam a sonegação se você quiser dormir tranquilo.

Relatórios úteis para a gestão

relatorios uteis

Muitos softwares dizem que oferecem relatórios estatísticos para ajudá-lo na gestão. Contudo, você precisa ver se os relatórios são práticos, simples e não cheio de informações inúteis. Relatórios claros e de fácil interpretação são essenciais para você tomar melhores decisões sobre seu negócio.

Sistema independente

Você não pode adquirir um software que dependa totalmente de eletricidade ou internet para se manter em funcionamento. Afinal, você nunca sabe quando esses recursos irão faltar momentaneamente e você não pode parar as vendas nessas horas. Verifique se o terminal continua trabalhando por algum tempo off-line e em casos de queda de luz.

Leia também: 7 estratéfias de marketing que um empreendedor de sucesso deve investir

Por fim, confirme se o sistema conta com um suporte qualificado e disponível. Esse é um fator fundamental, pois qualquer imprevisto poderá ser resolvido sem prejudicar suas vendas.

Gostou das nossas dicas? Você estava as levando em conta, ao pensar no seus sistema de frente de caixa? Compartilhe com a gente sua experiência ao adquirir um software de gestão da frente de caixa.

Deixe seu email aqui!

Insira o seu email e receba diversos conteúdos sobre gestão de caixa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *