5 dicas para evitar furtos no comércio

Tempo de leitura: 3 minutos

Todo comerciante sabe que o risco de furto de mercadorias nesse ramo é alto. Esses estabelecimentos atraem pessoas mal-intencionadas, que tentam levar produtos sem pagar e, muitas vezes, utilizam técnicas que nem os colaboradores percebem.

Contudo, é preciso ter atenção e buscar formas de evitar furtos, pois mesmo quando se tratam de mercadorias com preços mais baixos, eles representam prejuízos no balanço final.

Por isso, separamos 5 dicas para evitar furtos no comércio. Continue a leitura e saiba mais!

1. Prepare os colaboradores

Para lidar com esse tipo de situação, é fundamental preparar os colaboradores, que devem estar sempre atentos ao movimento da loja. Evitar distrações e descuidos são fundamentais para não dar oportunidade para que o ladrão cometa o furto.

Os vendedores devem entender quais atitudes podem ser suspeitas, como clientes que observam demais a movimentação da equipe, solicitam muitos itens ao mesmo tempo ou evitam o contato visual e demonstram nervosismo, por exemplo.

Ao identificar uma situação suspeita, é preciso redobrar a atenção e se manter alerta, mas sem constranger a pessoa. Nem toda situação suspeita significa que o cliente está querendo furtar o estabelecimento, por isso, discrição é fundamental.

2. Elimine os pontos cegos

Estar de olho em todos os movimentos dos clientes da loja é fundamental para evitar furtos. Para isso, tente organizar a loja de forma que seja possível ter um bom alcance visual de todos os produtos.

Utilize espelhos para refletir os pontos cegos e garantir uma boa visualização de todas as áreas. Evite prateleiras e expositores muito altos no meio dos corredores: deixe esses móveis nas paredes, pois eles dificultam a visão da equipe.

Também prefira deixar objetos pequenos e mais fáceis de serem furtados mais próximos ao caixa, facilitando a vigilância dos colaboradores e dificultando o ato.

3. Invista em vigilância eletrônica de mercadorias

Já bastante utilizada, a vigilância eletrônica de mercadoria é ideal para auxiliar na política antifurto da loja. Por meio desse sistema, são colocadas etiquetas nos produtos que são retiradas ou desativadas no caixa, após o pagamento.

São instalados mecanismos de segurança na saída da loja, que disparam um alarme visual e/ou sonoro sempre que detectar a passagem de uma etiqueta ativa.

Esses mecanismos ajudam a inibir os ladrões, pois eles sabem que serão denunciados pelo alarme quando passarem pela porta.

4. Esteja visível para o cliente

Solicite que a equipe sempre cumprimente os clientes que entrarem no estabelecimento e façam contato visual, deixando claro que estão cientes de sua presença. Perceber que foi notado e que está sendo observado pode desencorajar o ladrão.

Mesmo que a pessoa opte por não ser atendida, apenas diga que está disponível para ajudá-la e fique de olho nas suas atitudes. Caso utilize o provador, além do controle da quantidade de mercadorias, é importante perguntar se está tudo bem e se o cliente está precisando de ajuda, em caso de demora.

Além de garantir o bom atendimento ao cliente, ajudando a convencê-lo a adquirir o produto, a presença do vendedor intimida pessoas que tenham a intenção de furtar a loja.

5. Instale um sistema de segurança

Uma das ferramentas mais importantes para a prevenção e detecção de furtos nas lojas é um sistema de câmeras de segurança. Com a utilização de um equipamento com qualidade para captação de imagens nítidas e bem posicionadas é possível acompanhar o que está acontecendo.

Ainda, em caso de furtos, esse sistema permite identificar o autor e tomar as medidas cabíveis, fazendo um Boletim de Ocorrência e entregando as imagens para a polícia.

Contudo, é importante lembrar que em caso de instalação de câmeras, os clientes devem estar cientes por meio de sinalizações claras e visíveis. Esses avisos também ajudam a inibir o ladrão.

Finalmente, além de investir na segurança, é preciso uma boa gestão de estoque para verificar se não houve nenhuma ocorrência que passou despercebida.

Então, gostou das nossas dicas para evitar furtos no comércio? Conhece mais alguma? Compartilhe conosco nos comentários!

2 Comentários


  1. Bom dia, faz uma semana que instalei o programa mas, não estou utilizando devido um problema de nãp conseguir colocar o preço real no produto.
    Mudo o valor mas quando vou fazer uma simulação ele não mudou e por isso não coloquei em pratica ainda.
    Já tentei falar com vcs varias vezes e não tive sucesso.
    Já estou pesquisando outro programa comprar devido a falta de pós venda.

    Att

    Responder

    1. Oi José, obrigado por comentar!

      Por favor, envie seu número de telefone para o email oscar@pingobox.com.br ou para o meu email . Nossa equipe vai te ligar e auxiliar você da melhor maneira possível 🙂

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *